O canal Mais Globosat está em busca de projetos regionais para a sua grade de programação. As produções precisam cumprir pré-requisitos para se inscreverem no concurso do canal, como, por exemplo, serem atemporais, que não tenham a sua exibição afetada pelo passar do tempo, e não estarem concorrendo ou já terem sido contratados em outras Chamadas Públicas do Fundo Setorial do Audiovisual, o FSA.

As produtoras precisam ser cadastradas na ANCINE e ter sede nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo. No caso das sedes localizadas na região Sul, no estado de Minas Gerais e Espírito Santo, os projetos apresentados deverão ser do gênero documentário, com duração mínima de 47 minutos de arte. Para produtoras com sede nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, as obras poderão ser seriadas nos formatos 10×30’ ou 13×30’.

A iniciativa visa aproximar o canal do mercado independente de outras regiões do país. Os critérios de análise são: originalidade, aspectos artísticos, adequação ao público, qualificação técnica da equipe, capacidade gerencial e desempenho da produtora.

As inscrições dos projetos devem ser feitas através do site www.globosat.com.br/produtoras. Não existe limite de inscrição de projeto por produtora.