Para celebrar o legado do ator e humorista Agildo Ribeiro, a TV Brasil exibe nesta terça (8), uma edição especial do "Recordar é TV" que traz uma entrevista do saudoso comediante ao programa 54 minutos, da antiga TV Educativa do Rio de Janeiro em 1988. O tributo também vai ao ar no sábado (12), às 18h.

O artista faleceu aos 86 anos no dia 28 de abril no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro, apenas dois dias após comemorar seu aniversário. Conhecido como “Capitão do riso”, Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho começou no teatro de revista, passou pelo rádio e se tornou conhecido pelos personagens cômicos na televisão. A última atuação dele foi no programa "Tá no Ar: a TV na TV".

A homenagem da emissora pública recupera do acervo o descontraído bate-papo de Agildo Ribeiro na atração apresentada pela jornalista Dulce Monteiro. Esse episódio do extinto programa 54 minutos na década de 1980 teve a participação do diretor Régis Cardoso, da atriz Nádia Maria e do toureiro Fernando Guarany como debatedores. Durante a conversa, o irreverente Agildo Ribeiro destaca suas referências artísticas, traça um panorama da carreira, discorre sobre a relação com o sucesso. O humorista também reflete sobre críticas às piadas e anedotas que conta e recorda episódios hilários da trajetória.

No decorrer da gravação em que foi sabatinado, o comediante faz diversas imitações e, é claro, provoca reações com muitos risos dos convidados e dos telespectadores. A alegria contagiante do humorista estava presente nas respostas que dava a cada convidado. Com suas caras e bocas, o artista sabia falar sério quando preciso.

"Recordar é TV" com Agildo Ribeiro vai ao ar no dia 08 de maio, às 22h45 na TV Brasil. e também no dia 12 de maio, às 18h.