Com narração de Wagner Moura, "Exodus – De onde vim não existe mais" faz um retrato das dramáticas e íntimas histórias de refugiados de diferentes partes do mundo. O documentário chega à GloboNews neste sábado (02).

Napuli, Tarcha, Dana, Nizar¸ Bruno, e Lahtow, que foram forçados a deixar seus lares e construir vidas sob novas e desafiadoras circunstâncias. O filme acompanha as jornadas de seis pessoas e mostra o desenrolar de seus destinos diante de um mundo pautado por fronteiras abertas e fechadas. As filmagens foram realizadas ao longo de dois anos.

Napuli, uma ativista política, teve de deixar o Sudão do Sul através da Uganda até a Alemanha, onde está lutando por seus direitos de permanecer ali. Tarcha nasceu no Saara Ocidental e teve que fugir para a Argélia, em 1975, devido à invasão dos Marrocos, vivendo, desde então, em campos de refugiados. No Brasil, a síria Dana, que veio via Turquia, está desesperada para se reunir à sua família no Canadá, e Nizar, um Sírio-Palestino, que chegou por aqui via Cuba, hoje sonha em receber refúgio na Europa e levar a família.

Bruno, de Togo, passou 9 anos em campos na Alemanha, até ser finalmente legalizado. Desde então, ajuda outros refugiados. Lahtow, de Mianmar, teve que deixar sua casa devido a conflitos militares; ainda que no meio de uma zona de guerra, Lahtow enfrenta o perigo para visitar seu lar abandonado..

"Exodus – De onde vim não existe mais" estreia dia 02 de junho, às 16h30 na GloboNews.