A operadora de multisserviços Oi liderou as adições líquidas de clientes na telefonia móvel nos três primeiros meses de 2018 no Mato Grosso, segundo relatório divulgado pela Anatel. A Oi fechou o mês de março com 19,4 mil novos acessos, um crescimento de 4% no ano de 2018.

Regionalmente, o maior destaque da Oi no Mato Grosso foi no DDD 65, que abrange cidades como Cuiabá, Cáceres, Lucas do Rio Verde, Tangará da Serra e Várzea Grande, onde a companhia obteve 13,2 mil novos clientes, um crescimento de 8% nos últimos três meses e de 38% nos últimos 12 meses. Já no DDD 66, que abrange cidades como Rondonópolis e Sinop, a Oi obteve 6,2 mil novos clientes em 2018. No Mato Grosso a Oi chegou a 482 mil clientes e na região Centro-Oeste a 2,6 milhões de usuários na telefonia móvel.

A Oi investiu mais de R$ 84,9 milhões no Mato Grosso em 2017, o que representa um aumento de 8% em relação a igual período de 2016. No país, o investimento total foi de R$ 5,6 bilhões, registrando aumento de 18,3% em relação ao ano anterior, sendo que a maior parte dos recursos foi aplicado na modernização da infraestrutura e expansão da capacidade de rede, na expansão do 4G e dos serviços de TI. A Oi implantou no estado 13 novos sites de telefonia móvel e dois sites foram ampliados ou modernizados. Além disso, a companhia expandiu em 105% o número de acessos para o serviço de banda larga fixa com a implantação de 15,3 mil novas portas.

A Oi aumentou o número de cidades com cobertura de 4G em 2017 e agora oferece o serviço em 15 cidades: Cuiabá, Barra do Bugres, Campo Verde, Colíder, Guarantã do Norte, Juara, Lucas do Rio Verde, Luciára, Peixoto de Azevedo, Poconé, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, São Pedro da Cipa, Sinop e Várzea Grande.