Em meio à Copa do Mundo na Rússia, a TV Brasil exibe a minissérie “Guerra e Paz” (“War and Peace”), produzida pela rede britânica BBC. Com cenários e figurinos de época luxuosos, a minissérie é uma adaptação da obra homônima de Leon Tolstói sobre a invasão das tropas napoleônicas à Rússia. A série vai ao ar de segunda a quinta, a partir do 18 de junho, às 23h15, na TV Brasil.

Em oito capítulos, a série acompanha os círculos da aristocracia russa enquanto o conflito do império com Napoleão Bonaparte se intensifica. É nesse cenário que Pierre Bezukhov (Paul Dano), filho ilegítimo de um nobre e motivo de chacota na alta-sociedade, inesperadamente se torna um dos homens mais ricos do país ao ser reconhecido pelo pai moribundo. O rapaz então se torna alvo do interesse do príncipe Vassily Kuragin (Stephen Rea), que quer casá-lo com sua filha, Hélène (Tuppence Middleton).

O problema é que Pierre está apaixonado por Nastaha (Lily James), filha de dois aristocratas decadentes, o que dá início a um complicado enredo amoroso permeado por interesses e tradições. Escrita por Andrew Davies e dirigida por Tom Harper, a produção britânica se aproxima das novelas com seus romances impossíveis, suas intrigas palacianas e uma vilã para odiar.

A produção da BBC é em escala épica: as cenas de batalha são grandiosas, os figurinos são sofisticadíssimos, e o elenco traz ainda nomes consagrados como Gillian Anderson (“Arquivo X”), Jim Broadbent (“Game of Thrones”), Brian Cox (“Deadwood”), e Lily James ("Downton Abbey"), entre outros.

Na época do lançamento de "Guerra e Paz", em 2016, a imprensa russa fez críticas à série da BBC por inserir na trama uma cena de incesto (que não aparece na obra original) e cenas de sexo.