A Anatel autorizou nesta terça-feira, dia 24 de julho, o uso da faixa dos 700 MHz pelas empresas de telefonia em São Paulo (SP) e nos municípios de Santo André, São Bernardo e São Caetano do Sul. Essa faixa era utilizada pelas empresas de radiodifusão, para a transmissão do sinal analógico de TV, que está sendo desligado em todo país. Até o fim do ano, o país contará somente com sinal digital, que tem melhor qualidade de som e imagem. A faixa dos 700 MHz vai permitir a transmissão de banda larga móvel, com maior velocidade, chegando a uma transmissão até três vezes maior.

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, explicou que Florianópolis será a última capital a ter a faixa desocupada e lembrou que o sinal analógico será desligado no dia 14 de agosto nas regiões Norte e Centro-Oeste, mas que a faixa já está liberada nessas localidades. “Cerca de 3.803 municípios já estão liberados, o que beneficia mais de 60% da população brasileira”, disse.

O superintendente de Outorgas da Agência, Vitor Elisio Menezes, afirmou ser um grande avanço a antecipação de quase um ano na autorização do uso da frequência de 700 MHz (4G) em São Paulo e nos municípios de Santo André, São Bernardo e São Caetano do Sul. A autorização estava prevista para ocorrer em 31 de dezembro de 2019.