Sob o comando da procuradora e ex-advogada de defesa Marcia Clark, que se tornou célebre após participar do caso O.J. Simpson, a nova docussérie do A&E, "Marcia Clark Investiga". Ela examina alguns dos crimes mais chocantes dos Estados Unidos, que ficaram sem solução ou tiveram um resultado controverso. Cada episódio de duas horas de duração aborda um caso e investiga as primeiras 48 horas após o crime, para revelar novos ângulos e desvendar mistérios.

A série analisará casos controversos, como a morte da filha de Casey Anthony, Caylee; o assassinato da esposa do ator Robert Blake, Bonny Lee Bakle; o desaparecimento da esposa de Drew Peterson, Stacy; a morte chocante da estagiária do Departamento Federal de Prisões, Chandra Levy; o tiro fatal ao integrante do grupo de rap Run D.M.C Jam Master Jay; a obsessão do Billionaire Boys Club por poder e dinheiro, que pode ter levado a um homicídio; e a morte suspeita de Rebecca Zahau na Mansão Spreckles.

A experiência de Marcia Clark tanto como procuradora quanto advogada de defesa permite que ela encontre detalhes importantes que os investigadores originais podem ter deixado passar. Ela vai garimpar pelas evidências apresentadas nos arquivos dos casos, visitar locais significativos e conduzir entrevistas com integrantes-chave, para descobrir novas pistas. Ao analisar esses crimes pelas lentes das críticas primeiras 48 horas (período crucial para a resolução dos casos), Clark busca descobrir a verdade sobre como e por que esses assassinatos aconteceram.

"Marcia Clark Investiga" estreia dia 06 de julho, às 20h no A&E.