Em setembro, a novela Coração Esmeralda substitui O Direito de Nascer, que está em sua reta final. A trama da Venevisión TV, inédita no Brasil, será exibida na já consagrada faixa de novelas da TV Aparecida, de segunda a sábado, às 19h e às 22h30. O objetivo é cada vez mais fortalecer o hábito de consumo de novelas na emissora, criado a partir da exibição, em 2017, com A Padroeira, cedida pela TV Globo.

A inserção dessas duas primeiras novelas na grade influenciou positivamente todo o prime time da TV Aparecida, que teve um crescimento de 7% na média de audiência em seu horário nobre, das 18h às 23h30, alcançando 4,6 milhões de indivíduos na TV aberta, na praça São Paulo, entre 2017 e 2018. No PNT (Painel Nacional de Televisão) que contempla TV aberta e fechada, a emissora alcançou 13 milhões de indivíduos, segundo dados do Kantar Ibope Media.

A ótima evolução dos números mostra que as novelas agradaram aos telespectadores da emissora. A Padroeira, cuja audiência média foi de 0,44 pontos, chegou a alcançar pico de 1,56 com o capítulo exibido no dia 12 de outubro de 2017, deixando o canal na 5ª posição no ranking das TVs abertas em São Paulo. Com O Direito de Nascer, ainda em exibição, a emissora chegou ao 6º lugar, com pico de 0,92 pontos no último dia 06 de julho.

Padre Wiliam Betonio, diretor de programação da TV Aparecida, avalia esses dados crescentes de audiência na emissora: “Fizemos uma experiência com a exibição da novela A Padroeira em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida e o nosso público respondeu muito bem. Por isso, continuamos investindo nesse gênero, sempre com uma escolha muito criteriosa. Esse crescimento de audiência é muito importante porque representa mais pessoas tendo contato com a boa mensagem que a TV Aparecida deseja transmitir para as famílias brasileiras“.

Coração Esmeralda vai substituir O Direito de Nascer, da produtora JPO, em 17 de setembro. Mas antes, na mesma faixa de horário, a TV Aparecida exibe duas temporadas da série italiana Mistérios no Convento, no ar entre 9 de agosto e 15 de setembro.