O sinal analógico de TV será desligado nesta terça-feira, dia 14/08, em Macapá (AP), Porto Velho (RO), Palmas (TO) e Cuiabá (MT), locais que atingiram o percentual necessário para a realização do desligamento, acima de 90%.

As capitais Rio Branco (AC), Campo Grande (MS) e Boa Vista (RR) ainda não atingiram o percentual, por isso o Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (GIRED) resolveu que o desligamento começará amanhã e vai até 31 de outubro, dando mais tempo para população adquirir os conversores de sinal.

O Ibope Inteligência realizou pesquisa entre os dias 1 e 10 deste mês, em Macapá, com 1.078 entrevistas, 532 no entorno, totalizando 1.372 entrevistas. A pesquisa mostrou que na região 91% dos domicílios da região já contam com o sinal digital. Em Palmas, a pesquisa foi realizada no mesmo período. A pesquisa contou com 1.078 entrevistas, de domicílios da área urbana e rural. Em Palmas, 91% dos domicílios já contam com sinal digital. Em Campo Grande, a pesquisa realizada também no mesmo período, contou com 1.078 entrevistas, no entorno foram 84 entrevistas, totalizando 1.106 entrevistas. A pesquisa mostrou que 89% dos domicílios já contam com sinal digital.

Em Porto Velho, a pesquisa foi realizada entre os dias 31 de julho e 12 de agosto de 2018 e contou com 1.078 entrevistas, 84 no entorno, totalizando 1.134 entrevistas. A pesquisa mostrou que 91% dos domicílios da região já conta com sinal digital.

Em Cuiabá, a pesquisa do Ibope foi realizada entre os dias 30 de julho e 10 de agosto de 2018. A pesquisa contou com 1.078 entrevistas, no entorno foram realizadas 1.162 entrevistas. Na região 90% dos domicílios já contam com sinal digital. E Rio Branco, pesquisa foi realizada no mesmo período, contou com 1.078 entrevistas, no entorno foram realizadas 28, que totalizam 1.092 entrevistas. A pesquisa mostrou que 89% dos domicílios já contam com sinal digital.

Em Boa Vista, a pesquisa foi realizada entre os dias 31 de julho e 10 de agosto. A pesquisa contou com 1.078 entrevistas, de domicílios da área urbana e rural da capital. A pesquisa mostrou que 87% dos domicílios já contam com sinal digital.