O drama e os desejos das populações atingidas pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco, em novembro de 2015, contados pelos que viveram e vivem as consequências do maior desastre ambiental da história do Brasil. "Vozes de Paracatu e Bento", documentário da Vídeo Filmes, de Walter Salles, em parceria com a GloboNews, registra histórias humanas incomuns a partir dos relatos de personagens das comunidades de Bento Ribeiro e Paracatu de Baixo.

Cada um tem uma visão e uma memória específicas do dia em que tudo mudou em suas vidas e, ao mesmo tempo, conta uma história de pertencimento, de paixão por um lugar. O documentário, que vai ao ar neste sábado (11) no ‘GloboNews Documentário’, foi gravado no interior de um dos poucos cantos que sobreviveram ao mar de lama: a igreja de Paracatu de Baixo.

“ Vozes de Paracatu e de Bento" surgiu quando, em maio de 2017, Walter Salles e sua equipe gravaram o curta-metragem "Quando a Terra Treme" , na região de Mariana, para um filme coletivo organizado pelo cineasta chinês Jia Zhang-Ke, intitulado "Where has time gone?". Os depoimentos foram filmados em plano fixo, sem qualquer artifício. A maioria das imagens de Paracatu e Bento antes do desastre é de registros feitos pelos próprios moradores.

"Vozes de Paracatu e Bento" será exibido no ‘GloboNews Documentário’ que vai ao ar no dia 11 de agosto, às 16h30.