Há quase 25 anos, no dia 26 de novembro, o Brasil perdia um de seus maiores artistas. Sebastião Bernardes de Souza Prata, conhecido como Grande Otelo, fez história na cultura nacional como ator, cantor e compositor. E o ‘Arquivo N’ desta quarta-feira, dia 21, fará uma homenagem resgatando suas entrevistas e grandes momentos na TV e no cinema.

Ao longo de sua carreira, foram mais de centenas de filmes, peças de teatro, musicais, shows e novelas. Com as inesquecíveis chanchadas da Atlântida, levou multidões ao cinema. Participou de grandes momentos do Cinema Novo, sendo um dos seus trabalhos mais conhecidos a versão cinematográfica do livro Macunaíma (1969), baseado na obra de Mário de Andrade. Grande Otelo morreu aos 78 anos, vítima de um infarto fulminante, em Paris.

O ‘Arquivo N’ vai ao ar nesta quarta-feira, dia 21 de novembro, às 23h, na Globonews.