Crimes que mobilizaram a opinião pública, que atraíram as atenções do mundo todo e que tiveram cada etapa das investigações estampada em manchetes: assim são os casos reais destacados pelo "Especial Crimes Grandiosos", programação que o Investigação Discovery exibe no último final de semana do ano.

No sábado e domingo (29 e 30), vão ao ar especiais que relembram os principais eventos em torno das investigações de crimes de grande repercussão. No domingo, 30, a partir das 20h30, vão ao ar quatro atrações inéditas: primeiro, uma sequência com os três episódios de "Crimes Grandiosos: Pamela Smart", seguidos de "Crimes Grandiosos: Natalie Wood".

Em 1º de maio de 1990, Pamela Smart chegou do trabalho e encontrou seu marido, Gregg, morto no chão de casa, no que parecia ser um desdobramento trágico de um roubo à residência. A polícia vasculhou a região em busca de pistas sobre a identidade do assassino. Enquanto isso, a viúva em luto fez curiosas aparições na televisão e ocultou informações sobre um caso extraconjugal que mantinha.

O resultado das investigações foi a controversa acusação de Pamela como a algoz do próprio esposo. O especial em três episódios traz uma entrevista exclusiva com Pamela e ouve ainda os principais envolvidos no caso, entre familiares da vítima e os oficiais que incansavelmente perseguiram as pistas: falam o detetive e o promotor responsáveis pelas apurações.

"Crimes Grandiosos: Natalie Wood" encerra o especial com a história do assassinato de Natalie Wood, uma estrela de Hollywood que faleceu da forma que mais temia e sob circunstâncias suspeitas que permaneceriam por décadas sem explicação. Na noite de 29 de novembro de 1981, Natalie desapareceu do iate onde estava com o marido, o ator Robert Wagner. As buscas logo encontram o corpo inerte de Natalie – a causa da morte foi afogamento, o grande pavor da atriz que ela revelara em entrevistas.

A polícia consegue poucas informações sobre os momentos que antecederam o desaparecimento. Principais testemunhas que estavam a bordo, Wagner e o capitão Dennis Davern não trazem informações esclarecedoras. O médico legista conclui que não houve nenhum crime e a morte é considerada acidental pela polícia.

Mas a família nunca ficou satisfeita com a ausência de respostas. Até que, em 2011, 30 anos pós a morte de Natalie, uma testemunha importante liga para Lana Wood, irmã de Natalie, para mudar sua versão da história e faz a polícia reabrir o caso. Lana e um membro da equipe de buscas ajudam a reconstituir os últimos momentos de vida da Natalie.

" Especial Crimes Grandiosos" nos dias 29 e 30 de dezembro, a partir das 18h no Investigação Discovery.