O serviço de vídeo sob demanda Crackle, de propriedade da Sony Pictures Television, encerrará suas atividades em toda a América Latina no próximo dia 30 de abril. A informação foi divulgada pela revista Variety.

"Após muita consideração, decidimos que o Crackle América Latina não é sustentável no atual cenário altamente competitivo", escreveu Keith Le Goy, presidente Sony Pictures TV, em memorando distribuído para a equipe do serviço.

O Crackle surgiu em 2012 como um serviço gratuito, sustentado pela exibição de propagandas. Em 2016 mudou para um modelo tradicional de assinaturas. Estima-se que o serviço tenha cerca de 400 mil assinantes em toda a América Latina.

O conteúdo original do serviço deve migrar para os canais AXN e Sony, informou Le Goy no memorando. No entanto, não foi informado se apenas o conteúdo original migrará ou se produções com transmissão exclusiva também vão para a TV paga tradicional. Entre os conteúdos exclusivos estava a série inglesa Doctor Who (que já se encontra também disponível também no concorrente Looke).