Diante das dificuldades, o povo brasileiro surpreende pelo bom humor e pelas soluções criativas. O repórter Pedro Neville passou um ano pesquisando invenções curiosas de pessoas que tiraram ideias do papel. O resultado é a série ‘O Melhor do Brasil é o Brasileiro’, que estreia na terça-feira (05) na GloboNews.

O programa mostra que os inventores estão por todo o país, com 15 casos de diferentes cidades. As ideias foram divididas em cinco temas, que mostram bem o ecletismo dos inventores. “Invenções que melhoram a vida” apresenta casos como o sorvete desenvolvido por pesquisadores de Santa Catarina, que ameniza o mal-estar de pacientes que fazem quimioterapia. Em “Necessidade, a mãe das invenções”, um dos personagens é Guerzone Sebastião Lopes, de Minas Gerais, que tem uma usina de energia em casa e não paga conta de luz desde a década de 70. Em Maringá, no Paraná, “Tecnologia nas invenções brasileiras” apresenta o caso do robô chefe de empresa, que reconhece a rotina dos funcionários, checa produtividade e analisa desempenho.

Quando se trata de alimentação, a criatividade é ilimitada. Em “Invenções no cardápio brasileiro” serão mostrados casos como o ovo de páscoa de coxinha de galinha, de Jaú, em São Paulo; e o pão que leva farinha de barata, desenvolvido no Rio Grande do Sul, que aumenta consideravelmente o valor nutricional do alimento. “As invenções de João e Maria” conta a história de dois inventores: João da Silva Garrote, de 82 anos, de Goiás, que tem 35 patentes registradas; e a cientista prodígio do Paraná, Maria Vitória Valoto, que aos 18 anos encontrou uma bactéria nas laranjas que pode combater a candidíase.

‘O Melhor do Brasil é o Brasileiro’ estreia dia 05 de fevereiro, às 21h30, na GloboNews.