Desde o dia 14 de janeiro, os proprietários de antenas parabólicas com receptores digitais estão sem sinal do SBT, segunda maior emissora aberta da país.

Entre as redes abertas, o SBT é a única que não oferece nenhuma opção de sintonia digital para o pública que sintoniza o satélite Star One C2. A Globo e TV Diário permitem o acesso condicionado via SAT HD Regional. Outras emissoras como Record, RedeTV!, Gazeta, Rede Vida, Canção Nova e Rede Minas, por exemplo, mantém seus sinais em modo aberto para todo o público.

Há algumas semanas, o SBT lançou um hotsite específico para falar na parabólica. No entanto, o fato pareceu como um "deboche" para o público já que a emissora jogava para as fabricantes de receptores a responsabilidade pela transmissão e manutenção do sinal. As empresas reagiram e esclareceram que somente a emissora poderia responder e liberar o sinal.

Desde então a Redação VCFAZ tem mantido contato com o SBT para ter um posicionamento sobre o caso. Nesta sexta-feira, dia 8 de fevereiro, a emissora comentou pela primeira vez sobre o assunto.

Confira abaixo o posicionamento oficial e atual da emissora de Silvio Santos:

"Em benefício dos consumidores, o SBT segue com o objetivo de viabilizar o restabelecimento, o quanto antes, do acesso ao nosso sinal digital àqueles que já adquiriram ou pretendem adquirir esses equipamentos."