O consagrado fotógrafo Jorge Bispo mais uma vez abre as portas de seu apartamento para mulheres comuns que toparam tirar a roupa à frente de sua câmera na nova temporada de “302” – que estreia na quinta (27) na Faixa da Meia-Noite, do Canal Brasil, e os cinco primeiros episódios já estão disponíveis, também para não assinantes, no Canal Brasil Play.

Indo além do corpo de cada modelo, o espectador vai explorar detalhes de suas personalidades e de suas trajetórias de vida. O sexto ano da atração dirigida por Helena de Castro aprofunda temas como aceitação, descoberta, libertação, violência e preconceito.

A personagem do primeiro programa da nova leva é bancária carioca, que mora em Porto Alegre, Bianca. Nos 12 minutos do episódio, ela fala sobre como é ser uma mulher negra em uma cidade majoritariamente branca, sobre como foi crescer com um pai conservador e machista mas com uma grande consciência de classe, e sobre a solidão da mulher negra.

Ao longo da temporada, o espectador conhece ainda a personalidade da andrógina Nina, uma paulistana negra, fotógrafa amadora e poetisa; a descendente indígena Carolina Potiguar, que deixou sua aldeia na Paraíba e viveu um relacionamento trisal no Rio de Janeiro; Silvia, que hoje aos 61 anos lembra seu passado como prostituta ainda na adolescência; e a fonoaudióloga Ellen, uma mulher forte cuja liberdade plena foi alcançada apenas recentemente após terminar o casamento com um homem destrutivo e enganador.

A 6ª temporada de “302” no dia 27 de junho, à meia-noite no Canal Brasil.