O documentário original “A Inventora: À Procura de Sangue no Vale do Silício” (“The Inventor: Out for Blood in Silicon Valley”) estreia na segunda-feira (1º). A produção investiga a ascensão e a queda de Elizabeth Holmes e sua empresa de tecnologia de saúde, a Theranos.

O documentário acompanha os feitos de Holmes, uma brilhante contadora de histórias. Influente, atraente e inteligente, ela foi capaz de convencer o público, os funcionários do governo e grandes corporações de que havia criado um dispositivo de teste de sangue revolucionário.

A empresa foi avaliada em US$9 bilhões em 2014, o que fez de Holmes a multimilionária mais jovem do mundo. Dois anos depois, a comissão da bolsa de valores dos Estados Unidos declarou a Theranos como uma “grande fraude” e a empresa perdeu todo o seu valor, deixando muitas dívidas.

Com imagens exclusivas e gráficos 3D, a produção é dirigida por Alex Gibney, Vencedor de um Oscar® por Enron: Os mais espertos da sala e de um Emmy® por Going Clear: Scientology and the Prison of Belief, da HBO. Gibney relata como a cientista era uma fraude desde o início. O documentário mostra ainda como a Theranos manipulou os resultados de testes, enganou investidores e como seus acordos de não divulgação impediram que funcionários revelassem a verdade.

“A Inventora: À Procura de Sangue no Vale do Silício” estreia dia 1º de julho, às 22h na HBO. Nesta temporada, o canal exibirá um longa toda segunda-feira, às 22h, até o dia 22 de julho.