Olá, internautas

Nesta quarta-feira (03/07), a Record TV estreou a quinta temporada do “Dancing Brasil”. A emissora, finalmente, apostou em uma edição anual do talent show. Isso é ótimo. O telespectador precisa sentir saudade da atração.

Diferente das recentes edições de “A Fazenda”, o programa de Xuxa Meneghel reúne famosos realmente conhecidos do grande público. O elenco apresenta nomes interessantes, como Vinicius D’Black, Nathalia Guimarães, Thierry Figueira, Maria Cecilia e Maria Paula.

As cotas, que surgiram em temporadas passadas, continuam presentes. Pelos esportistas, despontam Daniele Hypolito e Bia Feres. Victor Sarro representa os humoristas. Entre os mais experientes, surge Zéca Lima.

E há ainda a compensação pela expulsão em outros realities da casa. Catia Paganote retorna à tela da Record TV após ter saído de A Fazenda pelas portas do fundo da sede. A decisão da direção criou polêmica na época. Alguns defenderam. Outros ficaram contrariados. No ano passado, Franciele Grossi, que foi prejudicada pelo comportamento de Diego no Power Couple Brasil, ganhou essa nova chance na pista de dança da Record.

Junno Andrade continua sendo a “escada” de Xuxa. Ele recepciona os competidores após a performance. Nesta estreia, ele quis ser “engraçado” com um chiste que envolveu a beleza de Bia Feres, sua irmã e a boneca que representa a parceira da esportista. Momento constrangedor. Por onde anda, Leandro Lima?  E Sergio Marone?

Algumas falhas técnicas ocorreram, principalmente com o corte das câmeras. Porém, isso não comprometeu o belo show. “Dancing Brasil” começou com um bom ritmo. A grande novidade desta temporada é a participação do telespectador que avalia os competidores através do R7. Sempre há o perigo de mobilização das “torcidas organizadas” que podem dar nota alta para o seu preferido e marcar pontuação baixa aos demais. A conferir.

Fabio Maksymczuk