O polêmico empresário Luciano Hang, dono da empresa loja de departamentos Havan, declarou recentemente, em vídeo publicado em seu perfil no Twitter, que o SBT é “o canal da família brasileira”. Defensor ferrenho e insuportavelmente insistente do atual governo brasileiro, Hang tem investido (leia-se: patrocinado) nas emissoras que também são mais próximas a Bolsonaro – como RedeTV e o próprio SBT. Segundo o site Notícias da TV, o investimento deverá quase dobrar a partir deste ano – de R$ 45 milhões para R$ 80 milhões.

Na TV brasileira, Luciano tem sido figura constante em programas de altíssimo nível intelectual como “Mega Senha” e “Luciana by Night” (RedeTV), “Ratinho” (SBT), entre outros.

Não colocando em causa a posição política ou as escolhas de investimentos de Hang (que são, sem sombra de dúvidas, uma grande coincidência!), mas sim a sua frase… o SBT é mesmo “o canal da família brasileira”?

Pensemos:

O canal…

…da família…

…Brasileira

Pode não ser o canal da família brasileira, mas… é mesmo “a cara do Brasil”!