A Record anunciou nesta semana sua nova grade de programação para os próximos dias. Uma das novidades não é tão nova assim. Anunciada nos intervalos como “estreia”, a produção que ocupará a faixa das 20h45 já foi exibida em 2017.

O Rico e Lázaro“, resgatada pela emissora, foi exibida há cerca de dois anos e conseguiu derrubar a audiência da Record. Na época de exibição original, a produção chegou a ser superada pela terceira reprise de “A escrava Isaura” (que era exibida em horário com número menor de televisores ligados).

A aposta revela que a emissora tem sofrido com falta de organização e planejamento na exibição de tramas inéditas, apesar do elenco contratado, dos recursos da Igreja e da publicidade (e apoio) do governo federal.