A Globo fechou um contrato válido por seis anos com a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) para a compra dos direitos de transmissão dos desfiles das escolas do Grupo Especial do Rio de Janeiro no domingo e na segunda-feira de Carnaval.

A renovação, válida por seis anos, por um período longo reforça a importância e o compromisso da Globo com o Rio de Janeiro, investindo e promovendo uma manifestação cultural histórica da cidade, fonte de renda para milhares de pessoas envolvidas no espetáculo e de grande impacto para as áreas de negócios e turismo da cidade.

“A parceria das Escolas de Samba do Rio com a Globo tem sido fundamental para manter viva uma das maiores expressões da cultura brasileira”, afirma Jorge Castanheira, presidente da Liesa. “É com este investimento dos direitos de transmissão que as Escolas de Samba começam a estruturar todo o seu desfile.”

Este ano, os números do carnaval carioca foram expressivos. Segundo levantamento da Riotur, foi batido o recorde no fluxo de turistas da cidade (1,62 milhão de visitantes), gerando uma receita de R$3,78 bilhões, um crescimento de 26% em relação a 2018. Dinheiro que circulou nos setores de comércio, serviços e hotelaria, gerando renda e trabalho para o carioca.

Além dos desfiles do grupo Especial do Rio, a Globo também tem os direitos para a transmissão dos desfiles das escolas de samba de São Paulo para todo o país (exceto para o Rio de Janeiro) nas noites de sexta-feira e sábado e, para o Rio, os desfiles da Série A. Na terça-feira de Carnaval a Globo acompanha a apuração dos desfiles de São Paulo e, na quarta-feira de Cinzas, a apuração do Rio de Janeiro. Os desfiles podem ser acompanhados também no G1 e no Globoplay.