O fim de “The Deuce” se aproxima com o início da terceira e última temporada da série da HBO, marcado para esta segunda (09). Em oito episódios inéditos, a série faz um balanço do surgimento da indústria da pornografia e da transformação desse setor bilionário nos Estados Unidos – sete anos após o fim da segunda temporada.

Na terceira temporada voltamos ao ano de 1985, época em que as fitas VHS ultrapassaram os filmes como principal meio de produção e distribuição da indústria pornográfica. A glamourização da Califórnia, a invasão de conteúdo sexual nos outdoors da Times Square e o impacto da epidemia da AIDS marcam o fim de uma era.

Após a festiva década de 70, a Rua 42 se deteriorou, tornando-se um lugar repleto de crimes violentos e lojas de vídeos decadentes. Acompanhando as vidas entrelaçadas de prostitutas, policiais, mafiosos, atores pornôs e produtores, os últimos episódios de “The Deuce” conduzem a trama a um final dramático.

Maggie Gyllenhaal e James Franco protagonizam a produção, o elenco conta ainda com Margarita Levieva no papel de Abby, proprietária do Hi-Hat e defensora dos artistas e moradores da Times Square; Emily Meade como a estrela pornô Lori, que agora mora em Los Angeles e luta contra a dependência química; Lawrence Gilliard Jr. como Chris Alston, agora dedicado ao Midtown Enforcement Project e associado a Gene Goldman; dentre outros.

Na terceira temporada estão presentes também David Krumholtz como o veterano pornógrafo Harvey; Daniel Sauli como Tommy Longo; Olivia Luccardi como Melissa, uma atriz pornô amadora que tem que enfrentar seu passado, e Sepideh Moafi  como Loretta, bartender no the Hi-Hat, envolvida no movimento feminista contra a pornografia.

A terceira temporada de “The Deuce” estreia dia 09 de setembro, às 22h na HBO.