A inesgotável criatividade brasileira é destaque mais uma vez na segunda temporada da série “O Melhor do Brasil é o Brasileiro”, que estreia na GloboNews na terça-feira (10). Desta vez, o repórter Pedro Neville percorreu os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Paraná e Bahia atrás de pessoas que colocam boas ideias em prática. Os quatro episódios apresentam quatro temas: “Um brinde à criatividade brasileira”, “A arte de quem faz muito com pouco” , “Criei meu emprego” e “Criatividade além da arte”.

 “Nessa segunda temporada temos ótimos personagens e invenções bem inusitadas. Quem poderia pensar que uma cerveja pode ajudar a controlar o diabetes? Pois apresentaremos o grupo de pesquisadores universitários em Guarapuava, no Paraná, que desenvolveu a bebida”, diz Neville. O programa também mostra o aplicativo de goleiro de aluguel, que conecta peladeiros a pessoas dispostas a encarar uma das posições mais arriscadas do futebol; e o trabalho que está sendo desenvolvido para que o Museu Nacional remonte parte do acervo com impressões em 3D, usando as cinzas do incêndio. Já o rei das engenhocas de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul inventou, entre outras criações a partir de sucata, uma pequena manivela capaz de recarregar celular.

 “Estivemos em um acampamento sem energia elétrica na pequena cidade de Sidrolândia, perto de Campo Grande, e conhecemos um menino de apenas 13 anos que desenvolveu um sistema de geração de energia para barracos na região onde mora. O objetivo era substituir as velas, que causavam incêndios, como o que matou a irmã dele”, conta Pedro Neville.

 A 2ª temporada de “O Melhor do Brasil é o Brasileiro” estreia dia 10 de setembro e vai às terças-feiras, às 21h30 na GloboNews.