Nesta quinta (10), o documentário “Em Busca de Justiça: Os 4 de Greensboro” conta a história de quatro universitários negros da Carolina do Norte que, a partir de um ato pacífico, deram início a um movimento que contribuiu para acabar com a segregação racial no Sul dos Estados Unidos. A produção estreia no Smithsonian Channel.

Em fevereiro de 1960, os estudantes Joseph McNeil, Franklin McCain, David Richmond e Ezell Blair Jr. pediram um café no balcão (até então reservado só para brancos) da loja de departamentos Woolworth. Como não foram atendidos, ficaram ali até o final do expediente e voltaram outras vezes.

O ato atraiu simpatizantes e foi replicado em outros estados do Sul americano até que a Woolworth, meses depois, alterou sua política e passou a atender brancos e negros em seu restaurante. O Museu Nacional de História Americana do Instituto Smithsonian abriga em seu acervo o balcão onde tudo começou.

“Em Busca de Justiça: Os 4 de Greensboro” estreia dia 10 de outubro, às 22h no Smithsonian Channel.