Nesta sexta (25), a Netflix estreia o filme original “Meu Nome é Dolemite” (“Dolemite Is My Name”). Com Eddie Murphy, a comédia retrata o movimento do blaxploitation e acompanha Rudy Ray Moore, um ator sem oportunidades em Hollywood, que investe em seus muitos talentos para criar o sucesso Dolemite. 

O comediante Rudy Ray Moore, atingido por uma série de fracassos no showbiz, o assume a persona de Dolemite: um cafetão com uma bengala e um arsenal de histórias obscenas, tornando uma sensação em 1970 graças ao seu personagem. No entanto, suas ambições excedem a venda de discos piratas considerados atrevidos demais para as principais estações de rádio tocarem.

Moore convence um dramaturgo (Keegan-Michael Key) a escrever um filme para seu alter ego, incorporando kung fu, perseguições de carros e Lady Reed (Da’Vine Joy Randolph), uma ex-cantora que se torna sua inesperada parceira. Apesar de colidir com seu diretor pretensioso, D’Urville Martin (Wesley Snipes), Dolemite se torna um grande sucesso de bilheteria e um filme definitivo da era Blaxploitation.

“Meu Nome é Dolemite” estreia dia 25 de outubro na Netflix.