Olá, internautas

Nesta terça-feira (15/10), “MasterChef – A Revanche” estreou na Band. A emissora acerta ao resgatar os ex-participantes da competição culinária. Os 20 desafiantes deixaram vestígios na memória afetiva do telespectador. Até a querida Iranete retornou ao vídeo com o seu “jeitinho” que encantou o público. Uma das mais queridas da história do talent show.

Neste primeiro programa, ficaram 10 selecionados, após uma sucessão de duelos. O confronto, que deveria ter sido o mais equilibrado, ocorreu entre Valter e Thiago Gatto. No entanto, o “major” conquistou a doma com extrema facilidade, após o desastre apresentado pelo concorrente na prova que envolveu confeitaria.

A carismática Haila, mais uma vez, desperdiçou a oportunidade de brilhar na cozinha e logo foi uma das primeiras eliminadas. Ela perdeu para o “atrapalhado” Fernando Cavinato. Uma surpresa.  O “vilão” Fernando Bracho, ou melhor, Fernando Kawasaki passou de fase. Personagem interessante para o programa. Estefano Zaquini aparece como um dos principais favoritos.

A “folclórica” Vanessa Vagnotti, com sua vestimenta única, também continua na disputa. Os carismáticos Helton Oliveira (que mal saiu da cozinha da Band), Katleen Lacerda e Vitor Bourguignon mobilizarão as suas torcidas. Sabrina Kanai e Fabio Nunes também conquistaram essa nova oportunidade.

A emissora do Morumbi regrediu na estratégia e voltou a exibir o “MasterChef” nas noites das terças-feiras. Com a entrada do “Band Notícias” na faixa das 22 horas, o talent show foi empurrado para 22h45. O programa vai além da meia-noite e meia. Enfrentará “A Fazenda 11”. Complicado. Como já ressaltamos neste espaço, a exibição aos domingos surgiu como uma boa novidade. Ficava com frequência ao redor dos 4 pontos nos índices de audiência. Nada mal para a Band.

A emissora acertou no elenco. E isso já é um bom começo. “MasterChef – A Revanche” iniciou com uma boa expectativa.

Fabio Maksymczuk