Nesta sexta (1º), a Netflix estreia a série espanhola “Hache”. Inspirada em fatos reais, a série se passa nos anos 60 e apresenta a história de Helena, uma mulher envolvida no tráfico de heroína na Barcelona.

A história segue Helena, (Adriana Ugarte), uma prostituta que começa como uma simples trabalhadora nas mãos de Malpica (Javier Rey), chefe de uma gangue da máfia que opera na cidade de Barcelona na década de 1960. Helena passará por um processo de aprendizado que a levará da mais simples posição para se tornar a líder dessa mesma organização de heroína.

Com alma própria, o Albatros Club estará no centro da história. Uma boate local onde é tocada música da moda e na qual visitantes estrangeiros se misturam com jovens senhores locais, moradores de favelas com garotas desdenhosas e desgrenhadas. É também o clube onde a equipe de Malpica opera. O responsável pelo clube é Celeste (Ingrid Rubio), onde a principal atração dos Albatros é a cantora Julia Bloomsbury (Tonia Richardson), acompanhada pelo pianista Ramiro Larrocha (Toni Zenet).

“Hache” estreia dia 1º de novembro na Netflix.