O Grupo Bandeirantes de Comunicação e o China Media Group assinaram na última segunda-feira (11) um acordo de cooperação. O evento foi realizado na sede do Grupo Bandeirantes no Morumbi, em São Paulo. O contrato prevê produções conjuntas e compartilhamento de conteúdo com o objetivo de reforçar a cooperação e promover o desenvolvimento das relações entre os dois países. O China Media Group reúne os principais veículos de comunicação chineses, como a rede de televisão aberta CCTV e o canal internacional de notícias CGTN.

Os dois grupos vão realizar trocas e cooperação de programas e matérias, assim como coberturas jornalísticas conjuntas. Além do conteúdo noticioso, o acordo também prevê cooperação em produtos de entretenimento e intercâmbio de tecnologias de rádio e televisão. O acordo foi assinado pelos presidentes do Grupo Bandeirantes, João Carlos Saad, e do grupo chinês, Shen Haixiong.

“Agora temos a oportunidade de mostrar para os chineses quem somos no dia a dia e conhecer a produção deles diariamente. É uma aliança muito interessante. Assisti alguns programas e fiquei muito impressionado. Temos muita coisa para fazer e muito entrosamento. A China está mostrando um novo jeito de se relacionar, fazendo os povos crescerem através de seus investimentos e da melhoria, então acho que essa é uma área de diplomacia e investimento estratégico. Espero que a gente possa produzir mais e tenho certeza que daqui sairão coisas novas, muitas coproduções. Cada vez mais as equipes estão entrosadas, então conseguimos produzir muito conteúdo juntos. Temos um mundo de coisas acontecendo entre China e Brasil e vamos além”, afirma João Carlos Saad.

 “Para nós, tudo é muito novo e já sentimos a cordialidade do povo brasileiro ao chegar aqui em São Paulo. O Brasil não é uma terra desconhecida por nós. Somos povos que nos respeitamos de forma mútua. O documentário ‘Mundo China’ já foi traduzido em inglês, espanhol, italiano e japonês e esperamos que o lançamento na versão em português possa ajudar o povo brasileiro a conhecer melhor nosso país. A prioridade do Brasil é a economia e geração mais empregos e temos muitos pontos em comum nesse sentido. Vamos trabalhar juntos para que possamos nos conhecer melhor e entender melhor nossas culturas”, declara Shen Haixiong.

O governador de São Paulo Joao Doria marcou presença no evento. Em seu discurso, Doria destacou a proximidade do estado com a China. “A China tem mais de 200 empresas em São Paulo, 302 mil chineses vivem aqui, ou seja, é o estado que concentra os maiores investimentos e a maior população chinesa no Brasil. Não tenho dúvidas de que esse acordo vai promover mais oportunidades para a visualização do que acontece na China pelos telespectadores e ouvintes do Grupo Bandeirantes, e os chineses terão a oportunidade de conhecer melhor o que acontece no Brasil. Isso vai incrementar o movimento de negócios, cultura e turismo”.

Também estiveram presentes a Cônsul-Geral da China Dra. Chen Peijie, o presidente da FIESP Paulo Skaf, o ex-ministro e embaixador Sergio Amaral, o Deputado Federal Fausto Pinato (Presidente da Frente parlamentar Brasil-China), além de empresários brasileiros e chineses.

No encontro foram apresentados os projetos “Frases Clássicas Citadas pelo Presidente Xi Jinping”, série produzida pelo China Media Group que será exibida esta semana nos canais BandNews TV e Arte 1 e a coluna de notícias “Mundo China”, coproduzida pelo China Media Group e pelo Grupo Bandeirantes, quer será levada ao ar diariamente no BandNews TV.

Criado por meio da fusão da Televisão Central da China (incluindo a China Global Television Network), a Rádio Nacional da China e a Rádio International da China, o China Media Group foi formalmente estabelecido em 19 de abril de 2018.O Grupo opera 47 canais de televisão, dos quais sete deles são internacionais e oferecem conteúdo de seis idiomas para 162 países e regiões em todo o mundo, além de 17 frequências de rádio direcionadas ao público chinês e programação de rádio em 44 idiomas estrangeiros direcionados ao público global. Também administra três grandes sites de notícias e 20 jornais e periódicos de circulação nacional. O China Media Group é a principal organização de mídia do mundo em escala de operações, com as linhas de negócios mais abrangentes, a maior produção de programas e as maiores coberturas.