Quinta-feira chegou e é dia de conferir as principais estreias nos cinemas brasileiros. Depois de levar mais de 500 mil telespectadores aos cinemas durante a pré-estreia, o filme “Os parças 2” estreia oficialmente nesta quinta, dia 28 de novembro.

Toinho, Ray Van e Pilôra, três dos nossos Parças, gastam à larga num hotel de luxo, por conta do dinheiro do casamento de Cintia. Tudo parece ir muito bem, mas os Parças precisam fazer funcionar uma decadente colônia de férias para adolescentes. Eles vão reformar as instalações, conquistar seus clientes e ainda competir com a rica colônia vizinha. Eles promovem excursões, jogos, festas, refeições, tudo no estilo “Parças”. Entre os adolescentes surge o romance entre Pedro, da colônia Parças e Carol, da colônia rica.

Carcereiros – o filme” é outro destaque da semana. Adriano é um carcereiro íntegro e avesso à violência, ele tenta garantir a tranquilidade no presídio, mesmo sofrendo com grandes dilemas familiares. A chegada de Abdel, um perigoso terrorista internacional, aumenta ainda mais a tensão no presídio, que já vive dias de terror por conta da luta entre duas facções criminosas. Agora, Adriano terá que enfrentar uma rebelião além de controlar todos os passos de Abdel.

O cinema nacional apresenta ainda o drama “Aspirantes“. Júnior, jovem jogador de uma equipe amadora de futebol na pequena cidade de Saquarema, tem de lidar com a inesperada gravidez de sua namorada, enquanto seu melhor amigo está prestes a ser contratado por um time profissional.

Fãs de documentário nacionais podem conferir “Fernando“. Fernando é um ator e professor de teatro que, aos 74 anos, é impelido a ser protagonista de si mesmo em uma experiência que borra as fronteiras entre o documental e o ficcional. Diante de um delicado problema no coração, ele segue uma vida repleta de amor pela arte, onde a educação surge como potente elemento transformador da realidade.

Quer mais produção nacional? Então veja “Novas espécies“. Uma montanha inexplorada, isolada, chegando a quase 2 mil metros de altitude. Uma expedição científica sem precedentes, 25 cientistas, liderados pelo cientista Mário Cohn Haft, 2 equipes de filmagem registrando cada descoberta, 30 dias no local para concluir toda a expedição.

Partindo para o cinema mundial, destaque para o drama “A resistência de Inga“. Inga é uma produtora de laticínios em uma pequena comunidade agrícola islandesa, e acaba de ficar viúva. Seu marido tomava conta das finanças da fazenda, e agora ela precisa assumir à frente do negócio. Ela decide começar uma vida nova em seus próprios termos, se rebelando contra a corrupção e injustiça em um esquema de monopólio, comandado por uma poderosa cooperativa local.

Quer comédia? Se liga em “Um amante francês“. Depois de 25 anos vivendo com Denise, Alex o “gigolô” é dispensado do seu papel e se encontra na rua. Forçado a se instalar na casa de sua irmã e seu sobrinho de 10 anos, possui apenas uma obsessão: encontrar o mais rápido possível uma mulher rica para lhe proporcionar uma vida de luxo novamente. Para isso, conta com a ajuda de seu sobrinho para encontrar a próxima milionária.

Duas coroas” é a sugestão para quem busca biografias. No dia 14 agosto de 1941, em Auschwitz, na Polônia, o sacerdote Maximiliano Kolbe fez uma difícil escolha: dar a sua vida para salvar um pai de família que mal conhecia. Sem ter ideia do grande legado que deixaria para as gerações futuras, Kolbe dedicou sua jornada à compaixão e solidariedade, e anos depois de sua morte foi proclamado santo pelo Papa São João Paulo II.

Animações são geralmente fofas, que tal conferir “Aventura em miniatura“? Os irmãos Boonie Bears – Bramble e Briar – vivem defendendo a floresta do inventor Vick. Um dia Vick descobre uma nova máquina que diminuiu os objetos ao tamanho de um inseto. Em uma disputa com os Boonie Bears a maquina é acidentalmente ativada e… os três são encolhidos! Nesta aventura eles irão conhecer um pequeno mundo, descobrir animaizinhos, defender a natureza e buscar a fórmula mágica para voltarem ao tamanho normal.

A revolução em Paris” é outro destaque na semana. Em 1789, sob o reinado de Luís XVI, o povo francês rebela-se contra a monarquia e exige uma transformação na sociedade baseada nos princípios de liberdade, igualdade e fraternidade. Cruzando as histórias de homens e mulheres comuns com figuras históricas, traça-se o destino do Rei e o surgimento da República.

Fechando a semana há a comédia “Uma segunda chance para amar“. Morando em Londres, Kate está insatisfeita por uma série de más decisões acompanhadas pelo som de sinos de Natal de seus sapatos, outra conseqüência irritante de seu trabalho como uma elfa em uma loja de produtos de Natal que funciona o ano todo. Tom parece bom demais para ser verdade quando ele entra em sua vida e começa a ver além das tantas barreiras de Kate.