A Telefónica anunciou nesta semana uma notícia que mudará drasticamente o mercado de telefonia celular na América Latina. A empresa que controla a Vivo no Brasil decidiu reestruturar seus negócios na região e vender suas operações em vários países latinos. A empresa passará a priorizar os quatro mercados mais importantes para sua atuação: Espanha, Brasil, Alemanha e Reino Unido.

A decisão de venda resulta no desinvestimento das operações na Argentina, México, Colômbia, Chile, Peru, Uruguai, Equador, Venezuela, El Salvador e Guatemala.

Nossas operações na América Latina foram o motor do crescimento da companhia até alguns anos atrás. No entanto, condições particulares nesses mercados têm impactado os negócios, reduzindo essa contribuição recentemente por diferentes razões e apesar do enorme esforço dos times locais“, afirmou José María Álvarez-Pallete, chairman e CEO da Telefónica.