A Telefônica Brasil – dona da marca Vivo no país – divulgou, nesta última segunda-feira, dia 4 de novembro, o balanço financeiro e operacional do terceiro trimestre de 2019. No período, a empresa apresentou seu maior crescimento de receita líquida dos últimos três anos, com alta de 2,6%, refletindo o desempenho das receitas de serviço móvel, aparelhos e banda larga de ultravelocidade.

A receita de TV por assinatura, no entanto, apresentou queda de 8,0% durante o trimestre, e redução de 13,6% nos acessos – provocada pela estratégia da Companhia de cessar a comercialização de DTH. Por outro lado, no IPTV (TV por fibra), cuja receita expandiu 26,1% comparada ao mesmo período do ano anterior, a evolução de acessos foi positiva, com crescimento de 27,0% no terceiro trimestre, refletindo no ARPU de TV, com alta de 4,3%.