O ano de 2020 começou marcado com alterações no modelo de comercialização de pacotes de TV por assinatura em plataformas vias satélite. A primeira a realizar mudanças foi a Claro TV que passou a cobrar uma “taxa de adesão antecipado” no valor de R$ 350,00 para novas assinaturas no DTH (Direct to home, em inglês).

A operadora de multisserviços Oi TV também passou a adotar medidas que podem resultar na redução do número de novas assinaturas pelos próximos meses. Os novos clientes que optarem pelo DTH (satélite) terão de desembolsar uma taxa de R$ 600,00 em adesão. Este valor poderá ser parcelado em até 12 vezes.

Apesar da taxa de adesão, há ainda a fidelização do contrato por 12 meses. Assinantes de planos fibra e Oi TV Livre (em que o assinante compra o equipamento) estão livres desta taxa.