O longa “Bixa Travesty” estreou nos cinemas brasileiros em novembro de 2019, ainda está em cartaz em vários cinemas do país, e já ganhou data para exibição na TV através do NOW (para clientes Claro): 25 de janeiro.

A produção já ganhou diversos prêmios em todo o mundo. Entre os principais estão o Teddy Award de melhor documentário no Festival de Berlim, no Festival de Brasil o filme faturou os prêmios de melhor longa do júri popular e melhor trilha sonora, no Festival de Cartagena conquistou o título de melhor direção, além de outros prêmios em Toronto e Barcelona.

O corpo político de Linn da Quebrada, cantora transexual negra, é a força motriz desse documentário que captura a sua esfera pública e privada, ambas marcadas não só por sua presença de palco inusitada, mas também por sua incessante luta pela desconstrução de esteriótipos de gênero, classe e raça.