Olá, internautas

Augusto Liberato é um ícone da televisão brasileira. Era o sucessor natural de Silvio Santos na programação dominical. Gugu sempre apareceu como um elemento da família dos telespectadores. Sua morte abrupta chocou os brasileiros.

Porém, agora o público fica ainda mais chocado com o noticiário que surge após a sua morte. A disputa pela herança de 1 bilhão de reais é alvo de conflitos entre a ex-companheira Rose Miriam di Matteo e os familiares do apresentador.

A cada dia, um capítulo da disputa cai no colo do telespectador. Já se transformou em uma triste novela. Filho de Gugu “expulsa” tio de mansão. Mãe de Gugu renega ex-companheira. Rose conquista pensão de 100 mil reais. Justiça ordena redução da pensão. Filho de Gugu passa Natal longe da mãe. Foto mostra companheiro de Gugu. Gugu acusado de assédio sexual.

Gugu era gay? As capas da revista Caras camuflavam a verdade? Rose Miriam processará jornalista que “desonra a imagem de Gugu após insinuações da homossexualidade”. Filhos ficam contra mãe. Todas manchetes que pululam na internet e em programas que focam a vida das celebridades.

A briga pela herança agora deságua em acusações sérias que teriam ocorrido nos bastidores. Gugu não está entre nós para se defender.

Triste. Tudo muito triste.

Fabio Maksymczuk