Olá, internautas

Na última semana, o “Hoje em Dia” entrou em uma nova fase. Dentro do pacote das novidades, entrou “Hair – o reality dos cabelos” sob comando de Ana Hickmann. A disputa que elegerá o melhor cabeleireiro do Brasil terá o julgamento de Celso Kamura e de uma celebridade convidada a cada sexta-feira.

“Hair”, formato criado pela BBC e distribuído pela BBC Studios, com produção da Endemol Shine Brasil, rememora outros do filão. Neste primeiro episódio, logo no início, cenas de São Paulo foram levadas ao ar com os participantes rumo à competição. O momento relembrou a entrada de “O Aprendiz”.

Ao invés de um sofisticado salão de beleza, os desafiantes surgem em uma espécie de instalação rústica com tijolos ao fundo. O cenário evoca o “Famílias Frente a Frente – FFF Brasil”, de Tiago Abravanel, que também traz os tijolos revestidos nas paredes.

Sai confeiteiro. Entra cabelereiro. Sai cozinheiro. Entra “hair stylist”. O tempo já está no fim. Para tudo. Larguem as tesouras. O roteiro é o mesmo do “MasterChef” ou “Bake Off Brasil”. Ana Hickmann anuncia os piores do dia, igual a Nadja Haddad ou Ana Paula Padrão. Clima de suspense. Quem sai? Quem fica? Eles estão na “ponta da tesoura”. Mção na massa, ou melhor, força na peruca…

Há até um imigrante entre os 10 selecionados. Shadi Shridi nasceu no Líbano e já vive no Brasil há alguns anos. Igual a Kaysar no “Big Brother Brasil” ou Jiang e Yuko no “MasterChef”.

“Hair – o reality dos cabelos” repete o formato dos correlatos. Seria necessário criar uma nova atmosfera para imprimir uma identidade própria à nova aposta do “Hoje em Dia”.

Fabio Maksymczuk