O Lifetime Movies, a faixa dedicada aos melhores filmes feitos para a TV, estreia a produção original “O Pecado de Ser Gay” (Trapped: The Alex Cooper Story), sobre a comovente história real da adolescente mórmon norte-americana Alex Cooper. Baseado no livro de memórias de autoria da própria Alex, o longa relata o pesadelo vivido pela jovem após se apaixonar e assumir sua sexualidade.

Depois que Alex se descobre gay, aos 15 anos, seus pais a mandam para um rigoroso e abusivo campo de conversão em Utah. Presa por oito meses com estranhos, Alex enfrenta castigos horríveis e espancamentos, para “curar” sua homossexualidade.

Após perceber que teria de se submeter às regras vigentes para sobreviver, a jovem acaba sendo autorizada a frequentar a escola, onde se torna amiga de Jason (Stephen Joffe), que é presidente da aliança gay-hétero. O amigo a coloca em contato com um advogado, que ajuda Alex a orquestrar sua fuga.

O longa foi indicado à 31ª edição do prêmio GLAAD Media Award, voltado a produções com abordagem inclusiva da comunidade LGBTQ, na categoria Melhor Filme Para a TV. Os vencedores serão anunciados no dia 19 de março.

O Pecado de Ser Gay” estreia dia 15 de fevereiro, às 20h55 no Lifetime.