A temporada 2020 da Fórmula 1, que começa esta semana, nas ruas de Melbourne, na Austrália, tem cobertura do Esporte da Globo em todas as plataformas. Este ano, além da briga pelo título, duas marcas importantes marcas podem ser igualadas ou superadas. O hexacampeão Lewis Hamilton tem 84 vitórias e está a sete do recordista, Michael Schumacher. Além disso, se levar o caneco deste ano, se iguala ao alemão como o maior vencedor da história da categoria.

O SporTV2 vai passar os quatro treinos na Austrália, com narração de Sergio Mauricio e reportagens de Mariana Becker. Nos livres desta quinta-feira, dia 12 de março, às 22h (de Brasília) e depois às 2h já de sexta-feira, os comentários são de Max Wilson e Felipe Giaffone. À meia-noite de sábado, dia 14 de março, Luciano Burti divide os comentários com Giaffone no último treino livre e, às 3h, na definição do grid de largada – o Q3, terá exibição simultânea na Globo. A corrida tem transmissão da Globo na madrugada de domingo, depois do ‘Flash do Big Brother Brasil’, com narração de Galvão Bueno, comentários de Burti e Giaffone, e reportagens de Mariana Becker.

Além de transmitir ao vivo todas as corridas, o Globoesporte.com tem uma página especial com análise detalhada de cada um dos 20 pilotos, das dez equipes e dos 22 circuitos, além de um termômetro com as apostas da temporada: quem deve surpreender e quem pode decepcionar. O blog “Voando Baixo”, do jornalista Rafael Lopes, traz um balanço especial de cada corrida. E já está no ar um novo episódio do podcast “Na Ponta dos Dedos”, no qual Luciano Burti, Felipe Giafonne, Sergio Mauricio e Rafael Lopes falam sobre a expectativa para o começo de temporada.