No último domingo, dia 22 de março, o serviço de vídeo sob demanda Globoplay anunciou que reduziria a resolução de seus programas (novelas, séries, filmes) para evitar um colapso nas redes de internet do país. Com a mudança, as atrações seriam exibidas, no máximo, com resolução de 720p (HD).

Neste início de semana dois outros serviços anunciaram que também realizarão mudanças no país. O Youtube comunicou que deixará de exibir, temporariamente, vídeo em alta definição. Disponibilizando apenas resolução SD ao público.

A Netflix também realizará mudanças para garantir o fluxo de dados nas redes brasileiras. No entanto, ao contrário do proposto pelo Globoplay e Youtube, a Netflix reduzirá em cerca de 25% as taxas de transmissão. Em outras palavras, o serviço continuará ofertando resoluções em HD e 4K, mas terá redução na qualidade da imagem.

As medidas se tornam necessárias devido ao crescimento de acesso aos serviços de vídeo sob demanda em um período que a humanidade busca o distanciamento social e a quarentena para evitar a rápida disseminação do Coronavírus. Sobrecarregar os serviços de internet pode trazer problemas para instituições de saúdo que trabalham para combater a pandemia.