A Netflix estreia nesta quarta (08), a minissérie australiana “Estado Zero” (Stateless). A produção estrelada por Dominic West e Cate Blanchett, acompanha quatro desconhecidos que se cruzam em um centro de detenção de imigrantes em Barton, no meio do deserto australiano. Este grupo é formado uma aeromoça, um refugiado afegão, um pai de família australiano com três filhos e uma burocrata à beira de um escândalo nacional.

Sofie Werner (Yvonne Strahovski) é uma aeromoça com uma mãe severa, que se junta a uma seita de auto-ajuda que se disfarça de grupo de dança. Seu líder carismático (West) e sua esposa Pat (Blanchett) recebem Sofie, mas problemas surgem. Logo, ela é internada no hospital e encaminhada para o centro de detenção de Barton, condenada como uma estrangeira ilegal.

Na Indonésia, Ameer (Fayssal Bazzi), sua esposa e duas filhas fugiram do Afeganistão, desesperadas por um futuro para suas filhas que não envolva o Talibã. Depois de uma jornada devastadora, ele é separado de sua família, enganado por um traficante de pessoas e também é encarcerado em Barton.

Os outros protagonistas são Cam (Jai Courtney), um novo policial, subqualificado e mal treinado, cujo próprio senso de certo e errado entra em conflito com as táticas brutais e desumanas empregadas por seus colegas. Enquanto, a burocrata Clare Kowitz (Asher Keddie), a nova administradora do centro, cujas tarefas incluem lidar com uma maior pressão da mídia – parcialmente gerado por um protesto conduzido por detentos.

“Estado Zero” estreia dia 08 de julho na Netflix.