Canal Brasil estreia na segunda (10) dia 10/08, às 19h20, o documentário “Lorna Washington: Sobrevivendo a Supostas Perdas”, de Rian Córdova e Leonardo Menezes. O filme acompanha a rotina de Lorna Washington, ícone do transformismo carioca, que brilhou nos palcos das boates dedicadas ao público LGBTQI+ nas décadas de 1980 e 1990, dentro e fora do palco.

A reputação de Lorna rodou o Brasil e o mundo, com performances de norte a sul do país e até em Nova Iorque. No apagar das luzes, no entanto, o espectador conhece o lado não tão glamuroso da vida nos palcos. Celso Maciel vive em um conjunto habitacional em Engenho da Rainha, subúrbio carioca, e convive com uma doença que lhe retirou parte dos movimentos da perna e atrapalha suas apresentações. Mesmo com os percalços, a transformista mantém o bom humor e continua espalhando alegria pelos palcos que percorre.

Com depoimentos de Rogéria, Isabelita dos Patins, Gilberto Scofield Jr, Luis Lobianco, Milton Cunha e Edy Star, entre outros, o longa traça o perfil dessa estrela cujas performances repletas de bom humor, improviso, cultura e atualidades eram ansiosamente esperadas e disputadas. Imagens de suas apresentações em clubes como Papagaio, Sótão, Le Boy e 1140 ajudam a contar esta história.

O filme aborda ainda a militância de Lorna na luta contra o preconceito e na conscientização sobre o HIV, principalmente no início da epidemia, o que lhe renderam uma homenagem na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro e em diversas Paradas do Orgulho LGBTQI+.

“Lorna Washington: Sobrevivendo a Supostas Perdas” estreia dia 10 de agosto, às 19h35 no Canal Brasil.