Capítulo 115

Joaquim explica seu plano para Fred. Leopoldina pensa em fazer um evento para reafirmar as alianças políticas de Dom Pedro. Cecília pede para viajar com os piratas até o navio negreiro. Libério e Luana trocam de navio. Hugo escreve uma carta usando a assinatura de Licurgo e é surpreendido por Elvira. Greta se faz de vítima para Ferdinando aceitar se casar com ela. Quinzinho apressa Joaquim para a estreia da peça de Elvira. Wolfgang se perturba com as notícias que recebe da Áustria. Thomas fala para Sebastião que encontrou o filho de Amália. Germana toma o lugar de Elvira na peça, e o público tenta expulsá-la do palco. Domitila descobre sobre uma rebelião contra Dom Pedro e pensa em como avisá-lo. Sebastião e Thomas levam Hugo ao palácio e o apresentam como o filho mais velho de Dom João. Joaquim leva Amália ao palácio.

Capítulo 116

Elvira se despede da companhia de teatro. Domitila pede que Francisco entregue sua carta para Dom Pedro. Domitila se emociona ao reencontrar os filhos. Comandados por Fred Sem Alma, os piratas dominam o navio negreiro, e Cecília e Libério comemoram. Elvira confessa a Hugo que teme perder Quinzinho para Joaquim. Fred ordena que Severino confesse sua sociedade criminosa com Thomas e Sebastião para as autoridades inglesas. Cecília sente ciúmes de Luana com Libério. Hugo garante a Elvira que Licurgo e Germana não terão a taberna de volta. Greta arma contra Wolfgang para roubar o dinheiro do irmão. Licurgo se surpreende ao encontrar Germana encenando uma peça com Hércules.

Capítulo 117

Chalaça incentiva Pedro a esquecer Domitila. Domitila garante a Rosa que conquistará de volta tudo o que perdeu. Germana decide abandonar Licurgo e seguir com a trupe de teatro. Piatã visita uma memória particular de Tibiriçá, que pede segredo ao rapaz. Dom Pedro questiona Leopoldina sobre Bonifácio. Chalaça alerta Dom Pedro sobre a possível invasão das tropas do General Madeira. Hugo revela que é filho de Licurgo e o novo dono da taberna. Elvira decide deixar Hugo e acolher Germana e Licurgo. Anna conta a Howard que Thomas pode ser o assassino de seu pai. Tibiriçá confessa a Piatã que se sente culpado pela morte do filho que teve no passado. Tibiriçá revela a Piatã sua origem. Greta insinua a Schultz que Diara está fazendo o mal contra Wolfgang.

Capítulo 118

Sebastião é preso e ameaça Cecília e Libério. Dom Pedro faz um acordo com Sebastião para que o criminoso fale tudo o que sabe sobre Thomas. Dom Pedro ignora uma carta de Domitila, e Chalaça observa. Piatã decide revelar a todos sua origem e Jacira o apoia. Dom Pedro decide ir a São Paulo acabar com as rebeliões e Leopoldina teme que o marido encontre Domitila. Dom Pedro nomeia Leopoldina a Princesa Regente do Brasil durante sua ausência. Thomas jura vingança contra seus inimigos. Dom Pedro e Chalaça saem em comitiva em busca do apoio das províncias de São Paulo. Leopoldina e Bonifácio anseiam pela Independência do Brasil. Thomas vai ao encontro de Sebastião. Germana e Licurgo são roubados pelos piratas. Anna dá a Fred as coordenadas para o galeão espanhol.

Capítulo 119

Fred e sua tripulação partem em busca do tesouro do galeão espanhol. Leopoldina convida Anna para ser sua secretária de governo. Dom Pedro e Chalaça conseguem o apoio de muitas províncias do interior de São Paulo. Libério conquista sua liberdade e pensa em resgatar outras pessoas com a ajuda de Matias e Cecília. Schultz desconfia de Greta, que segue envenenando Wolfgang. Germana, Elvira e Licurgo sabotam a taberna de Hugo. Durante a revista das tropas, Leopoldina e Anna sofrem um atentado, comandado por Thomas. Matias, Libério e Cecília libertam as pessoas escravizadas por Sebastião. Matias e Luana se interessam um pelo outro. Dom Pedro não resiste ao amor por Domitila. Piatã tem uma visão da aldeia onde vivia sua mãe. Sebastião ameaça Cecília, Libério, Amália e Peter. Leopoldina afirma a Bonifácio que é hora de declarar a independência do Brasil.

Capítulo 120

Leopoldina, Bonifácio, Anna e Joaquim analisam a relação entre Portugal e as províncias do Brasil. Dom Pedro declara seu amor por Domitila, e Chalaça fica incomodado. Hugo e Elvira se beijam. Dom Pedro consegue o apoio político da província de São Paulo. Schultz decide não dar o chá preparado por Greta para Wolfgang e percebe a melhora do patrão. Após uma votação, Leopoldina declara aprovada a separação do Brasil de Portugal. Leopoldina escreve uma carta a Dom Pedro, e Joaquim decide entregá-la ao príncipe. Greta planeja seu casamento com Ferdinando. Thomas e Joaquim se enfrentam na estrada. Joaquim encontra a comitiva de Dom Pedro e lhe entrega as cartas de Leopoldina e Bonifácio. Dom Pedro proclama a Independência do Brasil.