A guerra dos streamings no Brasil está fazendo as plataformas se posicionarem e  enfrentarem a fúria dos assinantes nas redes sociais. O novo capítulo da guerra atende pelo nome de “Grey’s Anatomy”, mais especificamente a 16ª temporada; uma das séries mais populares nos streamings.

Em agosto, o Globoplay divulgou em suas rede sociais que iria disponibilizar no Brasil, a 16ª temporada e as demais de “Grey’s Anatomy”. A notícia surpreendeu o mercado, já que a série era exclusiva da Netflix no país e a plataforma americana não tinha previsão de estreia da temporada mais recente. Logo, o Amazon Prime Video, também anunciou que também disponibilizaria a série completa, incluindo a 16ª temporada. A Netflix passou a enfrentar uma fúria de seus assinantes nas redes sociais, apenas posicionando que continuaria possuindo com os direitos da série e disponibilizaria a temporada recente ainda este ano.

O Globoplay disponibilizou a primeira e a 16ª temporada de “Grey’s Anatomy” na última terça (15), prometendo a inclusão de duas temporadas por semana, às sextas-feiras. A Amazon prometeu também trazer a série completa na terça (15), mas não cumpriu; o que gerou uma onda de revolta de seus assinantes nas redes. A série chegou completa, mas só nesta sexta (18). Pressionada nas redes sociais, a Netflix resolveu agir e anunciou que também incluirá a 16ª temporada de “Grey’s Anatomy” neste sábado, dia 19 de setembro, tendo assim a série completa. Tudo indica, que a Netflix batalhou para ter os episódios recentes, já que até o inicio da semana a própria plataforma afirmava que não havia previsão para a inclusão dos mesmos.

O drama “Grey’s Anatomy” acompanha a vida pessoal e profissional de estagiários de cirurgia e seus supervisores do Hospital Grace Mercy West, anteriormente conhecido como o Seattle Grace Hospital. A série (agora) pode ser acompanhada na Netflix, Globoplay e Amazon Prime Video.