O reality show A Fazenda 12 é hoje o programa de maior audiência para a Record TV. A atração vem surpreendendo com recordes e assumindo a liderança em vários momentos. No entanto, o programa também tem se revelado ruim de “matemática“.

Toda quinta-feira, o público liga na Record para assistir a eliminação de uma alguma celebridade (ok, o público espera a chata novela anterior acabar e também foge imediatamente da emissora após a eliminação).

A emissora está carecendo de uma auditoria com urgência. São sempre três indicados e os resultados são exibidos em porcentagem que teoricamente deveria totalizar sempre 100%. O problema disso? Após 5 eliminações, a Record já errou na matemática em 3 despedidas.

Na eliminação de Carol Narizinho nesta última quinta (15), a emissora informou que peoa teve 29,51%, Tays Reis ficou com 37,47 e Biel ficou com 33,01%. A soma destes resultados? 99,99%.

Não foi apenas nesta semana que o resultado “não bateu”. Na eliminação de JP Gadelha, o total foi de 100,01% (26,06+33,2+40,75). A eliminação de Cartolouco também bateu os 100,01% (24,90+30,80+44,31).

A Fazenda só tem erros? Não, na eliminação de Rodrigo o total bateu em 100% (41,64+32,73+25,63). Fernandinho Beat Box foi o primeiro eliminado do programa e o total de seu embate fechou 100% (22,45+44,15+33,4).

Em tempo de aulas remotas, alguém poderia ensinar a Record como arredondar números decimais de modo a deixar o total certinho em 100%.