Olá, internautas

“A Tarde É Sua” é uma das atrações mais assistidas da RedeTV!. Porém, nas últimas semanas, o vespertino comandado por Sonia Abrão mais irrita que agrada o telespectador.

A apresentadora e seus auxiliares agora apostam nos “suspenses” que se arrastam por cerca de duas horas diárias. Nesta segunda-feira (26/10), por exemplo, o programa sugeriu o mistério “qual ator foi acusado de ter levado o novo coronavírus para Fernando de Noronha?”.

A ladainha fica misturada com as outras pautas do programa e os “merchans” comprimidos em uma duração menor do programa diante da propaganda política. Em plena era da instantaneidade das informações, “A Tarde É Sua” estica mistérios solucionáveis em poucos segundos.

O telespectador perde a paciência. O programa fica confuso com o roteiro desorganizado. Fala do mistério. Comenta algum “fuxico”. Volta para o mistério. Entra merchan. Outra notícia. Mistério. Merchan. Felipeh Campos, Vladimir Alves e Thiago Rocha tentam inflar o suspense. E Sonia insiste em atiçar a “curiosidade” do público com o enigma até o fim. Ar arrastado. Conteúdo empobrecido.

Em plena temporada de sucesso de “A Fazenda 12”, a apresentadora, que sempre se notabiliza por comentar os realities, erra o foco. Além disso, cada vez mais, Sonia deixa a posição de apresentadora para se tornar uma mediadora do debate com o trio e os repórteres que aparecem em videochamadas.

O público gosta de acompanhar os posicionamentos da jornalista sobre o noticiário. Ela é a figura central do vespertino. E isso se esvai com o posicionamento equivocado da direção.

Fabio Maksymczuk