Olá, internautas

Neste domingo (01/11), uma notícia entristeceu os telemaníacos. Tom Veiga, que durante 23 anos interpretou o icônico Louro José, morreu. Tinha ido à padaria e quando cheguei ao apartamento, fui logo avisado do fato. Não acreditei no momento. Corri para o computador e constatei que era verdade.

Acompanhei o nascimento do Louro na então Rede Record. Foi no Note e Anote, programa de Ana Maria Braga que ocupava as tardes da emissora. O icônico “mascote” da apresentadora sempre aparecia no início da atração. 1997. 13 horas. Corrida do colégio para assistir às charadas do “pássaro“. O que a bolinha amarela …. O que a bolinha vermelha…

Louro José se transformou em um verdadeiro parceiro dos telespectadores no decorrer dessas mais de duas décadas. Nos últimos anos, Tom Veiga ganhou os holofotes pela sua vida pessoal. Sempre aparecia nos programas, sites e revistas especializadas em “vida alheia”. Veiga casou. Separou. Encontrou uma nova parceira. Será que ele virá para São Paulo acompanhar La Braga?

Louro José já deixa saudades. A memória afetiva do telespectador sempre lembrará, com carinho, do companheiro de Ana Maria Braga e de todos nós. Descanse em paz.

Fabio Maksymczuk