Olá, internautas

- Publicidade -

Neste sábado (25/09), “A Fazenda 13” viveu seu momento mais nevrálgico até aqui. Nego do Borel foi expulso do reality da Record TV. Dayane Mello se viu envolvida em uma grande polêmica que agitou as redes sociais.

Embriagados, os dois trocaram carícias debaixo do edredom. De acordo com os internautas, Leno Maycon teria se aproveitado da situação para “abusar” da colega de confinamento. “Estupro na Record” foi um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Como já dito neste espaço, a direção escalou um elenco inchado com um excesso de perfis explosivos. Não ocorreu um equilíbrio. A consequência de tal tendência já apareceu, logo em duas semanas de confinamento.

MC Medrado, que “causou” no “Power Couple Brasil”, já pediu para sair, antes mesmo da primeira eliminação. Nego do Borel agora é expulso. Liziane Gutierrez foi a primeira eliminada. Três integrantes dos perfis “intensos”. Discussões acaloradas permeiam a edição, especialmente com Rico Melquíades, já chamado de feio e da cota de desconhecidos.

E isso não alavanca os índices de audiência. A décima terceira edição está abaixo de “A Fazenda 12”.

Nestas quase duas semanas, Nego do Borel demonstrou um quadro de saúde mental instável. Na baia, ele “explodiu”. Já tinha passado a mão em Dayane que recusou claramente, naquele momento, as investidas. Isso não é entretenimento.

Leno Maycon entrou com o objetivo de melhorar sua imagem junto ao público. Saiu com a pecha de “expulso”. Não ficou evidente, no material exibido pela emissora da Barra Funda, se, de fato, Nego e Dayane tiveram uma relação sexual. No depoimento da ex-BBB Itália, na apuração dos fatos pela direção da emissora e do reality, eles não transaram.

A permanência de Nego do Borel em “A Fazenda 13” seria contraproducente com ele mesmo. Um triste episódio que manchará, ainda mais, sua biografia. A Record TV acertou ao tirá-lo do jogo.

Fabio Maksymczuk

- Publicidade -