A desconhecida dançarina de cabaré Margarita Carmen Cansino ganhou fama mundial quando interpretou o noir "Gilda", em 1946. Depois do filme, o nome Rita Hayworth ficou registrado de uma vez por todas no panteão de Hollywood. Tanto é que o longa "UM NOME NA LISTA", que o A&E exibe no dia 3 de Agosto, sexta, às 19h30, explora a mística que envolve a diva, misturando nomes reais a uma trama de ficção.


Elenco de "Um Nome na Lista"
Divulgação

O longa relembra, de maneira original, a gravação de "A Dama de Xangai", um clássico hoje, apesar da péssima aceitação pelo público e pela crítica à época do lançamento. O diretor Orson Welles, marido de Rita na época e já famoso pelo premiado Cidadão Kane, viu uma boa oportunidade de salvar seu casamento com a estrela encenando a história de Michael O´Hara (interpretado por ele mesmo), envolvido com a loira misteriosa e perigosa Elza, vivida por Rita – que teve de cortar e oxigenar seus cabelos para o papel, fato que muito desagradou seus fãs. Com cenas rodadas em Acapulco, México, acredita-se que o filme policial tenha se baseado no famoso caso de morte e mutilação da americana Elizabeth Shorts em 1947 – conhecido na mídia como Dália Negra.

- Publicidade -

Aproveitando-se desse pano de fundo, "UM NOME NA LISTA" traz um Welles fictício, mas com problemas enfrentados por ele na vida real – matrimônio em crise e expectativa de dar impulso à sua carreira. Utilizando locações na Itália, o filme mostra o cineasta às voltas com uma teia de intrigas após o assassinato de um ator no set.

"UM NOME NA LISTA" será exibido no dia 3 de Agosto, às 19h30, no A&E.

- Publicidade -