A série "Vidas Interrompidas" que retorna em nova temporada ao A&E, analisa casos de mulheres que empunharam uma arma como uma saída fácil para os seus problemas. Cada episódio narra a vida de uma mulher acusada de homicídio e mostra que, mesmo aquela que nunca seria apontada como suspeita do menor dos delitos, é capaz de matar.

- Publicidade -

Há dez temporadas na TV americana, no ar desde 2004, o programa em formato de documentário tem como narradora a veterana repórter Sharon Martin, e apresenta entrevistas com pessoas envolvidas com os casos, incluindo oficiais, advogados, jornalistas, amigos e membros das famílias das vítimas e das suspeitas e, muitas vezes, depoimentos da própria acusada ou assassina confessa.

A 10ª temporada de "Vidas Interrompidas" estreia dia 09 de janeiro, às 21h no A&E.

- Publicidade -