Na sexta-feira, 5 de maio, o telespectador do canal Animal Planet tem encontro marcado com as feras e espécies exóticas da Europa, Austrália e Costa Rica durante o Especial Natureza Selvagem.

A partir das 20h40, vão ao ar em sequência três produções que destacam as peculiaridades de ecossistemas que se desenvolvem em territórios marcados pela diversidade climática e de habitats: Europa Selvagem abre a a programação às 20h40, seguido de Austrália Selvagem, às 21h30, e Costa Rica Selvagem, às 23h10.

Os habitats naturais europeus têm características únicas. Nenhum outro continente possui tamanha variedade de paisagens e ecossistemas concentrados em tão pouco espaço. Esculpidos por milhões de anos, as cavernas, rios, ilhas e litoral do continente abrigam, junto a florestas e planícies, uma miríade de formas de vida.

Os habitats da Europa vão desde o mar até o topo das montanhas. A natureza encontrou seus caminhos, de maneira que a vida selvagem se adaptou para prosperar em todos esses lugares. Minissérie em cinco episódios temáticos, Europa Selvagem explora esse continente de extremos – no episódio de estreia estão em destaque as paisagens do norte europeu, terra de gelo e neve que é o lar para ursos polares e águias. Da Noruega à Escócia, as câmeras revelam a exuberância da vida em temperaturas extremamente baixas.

Os cinco episódios que compõem a atração vão ao ar às sextas-feiras, sempre às 20h40. Rios, lagos e oceanos europeus são assunto no segundo episódio; depois, os Alpes, as florestas e as terras áridas completam o périplo nos episódios seguintes.

Em seguida, Austrália Selvagem vai ao ar às 21h30. Com duas horas de duração, o especial destaca a cultura ancestral dos aborígenes e revela os animais bizarros, predadores mortais e espécies peculiares que vivem por lá.

Vasta ilha com desertos, montanhas cobertas de neve e exuberante floresta, a Austrália é também uma terra de contrastes. Lá, os aborígenes sobreviveram ao observarem e aprenderem com a natureza; a fauna local é resultado de milhões de anos de processo evolutivo específico para a ilha, o que produziu espécies exóticas que apenas podem ser encontradas ali. Há mamíferos que põem ovos, árvores que trazem pequeninos depósitos de ouro e lagartos que “bebem” água através de seus pés.

Costa Rica Selvagem fecha a noite em um especial exibido a partir das 23h10. Localizado entre dois oceanos e dois continentes, o país abriga mais de meio milhão de espécies animais. Com uma hora de duração, o documentário revela algumas das criaturas que fazem lar nas selvas costa-riquenhas. As câmeras mostram os rituais desenvolvidos por primatas, a relação única entre morcegos e bichos-preguiça, a rara jaguatirica e o mar onde está a maior concentração de tubarões no planeta.