Vcfaz.tv
Agora na TV Veep
13:32 - 14:05
Nossa Vida Sem Grace
14:00 - 15:30
Music Box
14:00 - 15:00
revista eletronica  
    Você está: [ub] Ubaldo   
 


ConFUSÃO à vista e coberturas apelativas. 'Oh, não'...
ubaldo - 14 Ago 2014 - 13:24


Saudações a você, meu caro leitor do VCFAZ.TV! Na edição de hoje abordo temas diversos, atendendo algumas das sugestões recebidas por e-mail [obrigado, muito obrigado pelas manifestações!]. Tem também nossos tradicionais "mandou bem" e "mandou mal" duplos [eu bem queria fazer triplos e quádruplos, mas manter o suspense é sempre bom]. Vamos nessa?



ConFUSÃO à vista
Está sacramentado: as operadoras NET, Claro e Embratel estão para [finalmente] se unir sob o guarda-chuva do grupo América Movil. Muita gente [leia-se os assinantes pagantes] espera desta fusão um verdadeiro milagre, acreditando piamente em súbitas [e necessárias] melhorias na qualidade de seus serviços... A grande realidade é que, a princípio, absolutamente nada muda na prática: nem as marcas, que continuam existindo de maneira independente até segunda ordem, nem a forma como tais serviços são prestados.

E digo mais
A verdade é que tal fusão tem dois simples e diretos objetivos: aumentar os lucros e diminuir os impostos que cada empresa paga hoje. E ponto. Se o seu sinal cai, ou se a qualidade do atendimento é ruim, não vá esperando por um milagre, meu caro assinante!

Para quem é bom?
Para as próprias operadoras, é, ha-ham, 'claro', que passam a ter poder de negociação muito superior [concentração] junto aos programadores e canais.

E ainda...
Todo o cenário do mercado de telecomunicações deverá mudar nos próximos meses e anos - não só pela fusão entre as três empresas citadas, mas pela possibilidade de fusão da operadora GVT com empresas como Telefonica ou TIM, a chegada da AT&T na SKY, etc[etera]. A você, assinante, cabe só ficar bem ligado e tirar sua casquinha dessas mudanças - leia-se rever o alto preço que paga, exigir um serviço de melhor qualidade e ficar de olho se não está sendo enganado. Sugiro dar sempre uma olhada com atenção em sua fatura, pelo menos a cada 2 meses, e ver se ~acidentalmente~ não houve alguma cobrança indevida. Vai que...

Fica o recado
Só tô tentando ser realista!

Cobertura nada profissional
Mudando de assunto, e falando de um tema bem recente: a chocante morte do presidenciável Eduardo Campos em um acidente nesta quarta-feira mostrou o despreparo dos veículos de comunicação para coberturas ao vivo - inclusive no cuidado ao ouvir 'testemunhas' do acidente. No "Jornal Hoje" foi possível ver o repórter José Roberto Burnier entrevistar um rapaz que [supostamente] auxiliou no resgate, e afirmou ter reconhecido o corpo de Campos após a explosão [!].

Obviamente
Que após tamanha explosão, não havia corpo, não havia sequer vestígio dos destroços do avião, que foi completamente destruído. Quando se deu conta de que estava entrevistando um tremendo falastrão, Burnier logo cortou o depoimento e voltou para o estúdio. Mas isso mostra como o vale-tudo pela informação num momento de grande comoção pode levar a informações completamente distorcidas. Um tremendo desserviço, neste caso.


Burnier: vítima de falsa testemunha em troco de informação rápida
Reprodução

Por falar em cobertura
Se infestam agora, pelas emissoras [especialmente pela Record] coberturas com closes absolutamente desnecessários na catástrofe, 'informações' que não levam a conclusão alguma e até suposições absurdas. Tudo em troco da sua atenção por audiência fácil. Não seja uma presa disso, meu caro. Informe-se por meios idôneos, em momentos que julgar adequados, e ponto. Alimentar uma tragédia não leva a nada, a não ser seu envolvimento num episódio que, infelizmente, ocorreu.

E vamos mudar de assunto de novo?
A vida continua...

Momento Saudade
Nesta semana o VCFAZ noticiou a volta de Xuxa Meneghel à TV - desta vez num canal pago, o Viva - com uma reprise de seu antigo programa "Planeta Xuxa". Saudades mesmo o público deve sentir de Erothides Neves Mittozo, vulgo Tidinha, uma das covers mais originais da ex-apresentadora infantil que circulou pela TV aberta em meados dos anos 2000. Para quem não se lembra [por não assistir "Ídolos", ou "A Praça é Nossa", está perdoado], meu presente é que você viva esta emoção agora:


Se não abrir, confira o fabuloso canal oficial

Então, fica aqui o recado
Canal Viva: Tidinha na programação daqui a alguns anos... Combinado? =]


Mandou bem 1

Final de "True Blood"
Uma série que vai deixar saudades e que chega ao fim em poucas semanas: "True Blood", mais uma obra-prima da HBO. A sétima temporada [não, não vou soltar spoiler!] surpreende ao mostrar como o mercado farmacêutico pode segurar a cura de algumas doenças fornecendo medicamentos [não tão prontos assim] apenas para prolongar mais os lucros. O desempenho de Eric na temporada está muito, muito bom. Se não viu a série, comece a partir da primeira temporada - é muito boa!


Mandou bem 2

GNT com padrão
Um canal que merece um "mandou bem" já há algum tempo é o GNT. Por vários motivos: tem uma programação que faz jus ao que o canal é [predominantemente feminino, mais dramaturgia e informação/documentários] e se mantém firme neste propósito. Mais recentemente lançou boas séries - a terceira temporada de "Sessão de Terapia" e a nova "Animal" - e vai lançar mais novidades no decorrer do mês [confira aqui]. Numa TV paga cada vez mais igual, o GNT continua tentando fazer diferente.


Edson Celulari e Cristiana Oliveira em "Animal"
Divulgação/GNT


Mandou mal 1

João Kléber
Até quando permanecerá no ar um apresentador que tem como principal objetivo ficar fazendo o público de palhaço? Ok, existem vários outros por aí [vide Luiz Bacci, Sonia Abrão, entre muitos outros], mas este é sem dúvida alguma o grande campeão. Seus programas "Você na TV" e "Teste de Fidelidade" são as duas maiores 'trasheiras' no ar e, o impressionante, respondem pelas maiores audiências da RedeTV em seu ranking geral. O que prova que, infelizmente, o público gosta mesmo de circo [e dos mal combinados] na televisão.


'Pára pára pára p...'... chega!!!!
Divulgação


Mandou mal 2

Multishow sem padrão
Depois de exibir um programa absolutamente sem perfil algum ["Tudo pela Audiência", já dizia o nome], comparado ao que o canal apresenta, o Multishow vem exibindo uma série diária ["A Segunda Vez"] protagonizada pelo ator Marcos Palmeira, que também está no ar no mesmo horário em outra produção diária ["O Rebu"], na Globo. Além de isso ser bem tosco, daqui a pouco a série acaba e entra no ar outro programa de humor escrachado, completamente diferente - "Vai Que Cola". Repito: diferente de canais do mesmo grupo [como o GNT], o Multishow prova mais uma vez que é um saladão sem tempero nenhum. É canal jovem? É de música? É de humor? É de dramaturgia? Definam, meus senhores.

Críticas, dúvidas, sugestões ou envio de presentes [sim, insisto, quem sabe um dia recebo um]?
Escreva para: [email protected] =]
Além do e-mail, você também pode comentar no box logo aqui embaixo!
[ o O ]



Facebook
Twitter
Telegram Receba nossas notícias no celular: telegram.me/vcfaztv (beta)



Comente esta notícias Comente!

Fique à vontade para comentar este artigo em nosso fórum.
Este artigo possui 4 comentário(s).
Leia os comentário(s)









VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Mundosat
E shop Satelite
RGS

Compare no BuscapÉ



SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Guia de TV
Colunas: Agenda de estreias |  Entrevista |  FabioTV |  No Controle
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  On Demand |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  Tech |  TV |  Vivo | 
Sobre o vcfaz.tv: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 
Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group